Equilíbrio| Balance

2021

 

Objetos | Objects  

 

Madeira (Pau-Brasil) e pedra  |  Wood Pau-Brasil and stone

 

20 cm x 17 cm 

 

 

Equlíbrio
Equlíbrio

2021 Madeira e pedra

press to zoom
Equilíbrio
Equilíbrio

2021 Madeira e pedra

press to zoom
Equilíbrio
Equilíbrio

2021 Madeira e pedra

press to zoom
Equilíbrio
Equilíbrio

2021 Madeira e pedra

press to zoom

Além de observar a natureza eu tenho o hábito de coletar pequenas amostras que encontro e guarda-las, são meus tesouros.
Em caminhadas, viagens, ou no meu dia-a-dia, sempre observo e quando posso me aproprio, são pedras, sementes, flores, galhos, conchas, folhas, areia, água, terra......
As sementes, galhos, folhas e flores .... gosto de acompanhar o processo e sua mutação de formas e cores. Quando sei que alguém bem próximo está em um lugar onde eu nunca estive, peço sempre para me trazer uma pedra deste lugar.
Assim formo um relicário de tesouros.
É a minha fonte de inspiração.
É o meu banco de dados.
Me aproprio deste material para viabilizar os projetos, sequenciando pedras vindas de lugares distintos ora acomodadas, lado a lado ou no centro em berço de madeira maciça. As madeiras são tocos encontrados ou pedaços que foram descartados de móveis antigos, batentes de portas, postes de iluminação ou dormentes de trilhos de trem. Tudo é reaproveitado. Em formas orgânicas, como sementes, elas guardam no seu interior as joias que a natureza nos presenteia.
Neste trabalho intitulado “Equilíbrio“ esculpida em pau brasil a esfera que nos remete ao planeta terra guarda em seu interior um pedacinho dos dois maiores desertos do planeta, o Saara e a Antártica. O quente e o frio, o seco e úmido, o equilíbrio.

In addition to observing nature, I use to collect small samples of what I find on the way and keep them, they are my treasures.
On walks, travels, or in my daily life, I always observe and when I can I take them with me, they are stones, seeds, flowers, branches, shells, leaves, sand, water, earth......
The seeds, branches, leaves and flowers …. I like to follow the process of its mutation of shapes and colors. When I know someone very close to me is in a place I've never been, I always ask them to bring me a stone from this place.
Thus I build a shrine of treasures.
It's my source of inspiration.
It's my database.
I take with me this material to make the projects viable, sequencing stones coming from different places now accommodated, side by side or in the center in a solid wood cradle. The timber comes from stumps found anywhere or discarded pieces of old furniture, door frames, lamp posts, or railroad ties. Everything is reused. In organic forms, just like seeds, they keep inside the jewels that nature gives us.
In this work entitled “Balance“, carved in brazilwood (pau brasil), the sphere that reminds us of the planet earth holds in its interior a small piece of the two largest deserts on the planet, the Sahara and Antarctica. Hot and cold, dry and wet, the balance.